Palavra do Pastor

Agendas e Escalas

CLIQUE AQUI PARA ESCALA

Diretoria - 2016

 

Facebook

Igreja


Diretoria

Pastor Presidente: Pr. Carlos Azeredo

1º Vice Presidente: Pr. Aurélio Silva de Oliveira

2º Vice Presidente: Pr. Oniro Silveira de Souza

1º Secretário: Ademir Cardoso Umbelina

2º Secretário: Antonio da Luz Gonçalves

1º Tesoureiro: Valdir Custódio de Freitas

2º Tesoureiro: Pr. Suelci Miguel

Secretário Adjunto Administrativo: José Zulamar Pereira

Secretário Adjunto de Atas: Paulo Rudinei Dutra Pinheiro

Coordenador Conselho Fiscal: Plinio Antonio Tomczak

Membro Conselho Fiscal: Jorge Altair Dorneles

Relator: Nilson Silveira de Avila

Suplente Conselho Fiscal: Alceu Rufino Vargas

Suplente Conselho Fiscal: Jeverson Meireles de Souza

Suplente Conselho Fiscal: Jair Misael

 
Este é o Credo das Igrejas Assembléias de Deus no Brasil

1. Em um só Deus, eternamente subsistente em três pessoas: o Pai, o Filho e o Espírito Santo (Dt 6.4; Mt 28.19; Mc 12.29).

2. Na inspiração verbal da Bílbia Sagrada, única regra infalível de fé normativa para a vida e o caráter cristão (2 Tm 3.14-17).

3. Na concepção virginal de Jesus, em sua morte vicária e expiatória, em sua ressurreição corporal dentre os mortos e sua ascensão vitoriosa aos céus (Is 7.14; Rm 8.34 e At 1.9).

4. Na pecaminosidade do homem que o destituiu da glória de Deus, e que somente o arrependimento e a fé na obra expiatória e redentora de Jesus Cristo é que pode restaurá-lo a Deus (Rm 3.23 e At 3.19).

Leia mais
 
História da Assembleia de Deus no Brasil


No início do século XX, apesar da presença de imigrantes alemães e suíços de origem protestante e do valoroso trabalho de missionários de igrejas evangélicas tradicionais, nosso país era ainda quase que totalmente católico.

A origem das Assembléias de Deus no Brasil está no fogo do reavivamento que varreu o mundo por volta de 1900, início do século 20, especialmente na América do Norte.

Os participantes desse reavivamento foram cheios do Espírito Santo da mesma forma que os discípulos e os seguidores de Jesus durante a Festa Judaica do Pentecostes, no início da Igreja Primitiva (Atos cap. 2). Assim, eles foram chamados de "pentecostais".


Leia mais